Os animais sofrem durante altas temperaturas, assim como nós eles também transpiram e sentem calor. Mas, os bichinhos possuem menos glândulas sudoríparas que se encontra em locais que não dão conta de controlar a temperatura do corpo todo.

Entretanto, nestas épocas os donos de animais devem ficar atentos aos cuidados especiais para que eles fiquem mais confortáveis e fresquinhos.

Deivid Pets, Grommer profissional em estética animal e proprietário do Deivid Pets comenta que nestes períodos a manutenção da pelagem são de grande importância e merecem um tratamento especial para cada raça, o que obriga profissionais da área um conhecimento sobre o assunto.

Além disso, tosar o cachorro no verão é importante porque a prática ajuda também o combate às pulgas e feridas causadas pelas altas temperaturas e pela umidade elevada.

O profissional explica quais são os tipos de tosa e qual deve ser o mais indicado para as altas temperaturas considerando que cada raça possui suas peculiaridades.

Tosa Bebê

Esse tipo de tosa tem esse nome por deixar a pelagem do animal baixinho, com o tamanho de um filhote. É recomendada para cães com pelos longos como Lhasa Apso, Shih Tzu, Yorkshire e Maltês, por exemplo.

No calor, esse formato é recomendado para essas raças pois evita possíveis doenças e retira o excesso de pelo, e mesmo com a tosa, ainda há a pelagem de proteção necessária, que para muitos funciona como um isolante térmico e evita a exposição aos raios de sol e o ‘superaquecimento’.

Tosa de máquina

Essa tosa é realizada através do corte pela máquina, que vai depender do tamanho do pelo e das lâminas para cada tosa. Não é indicada para todas os animais, principalmente a raspagem completa.

“Existem raças de cães que não se raspam, porque o próprio pelo é utilizado como camada térmica, para que não ocorra problemas, como queimar o coro do animal”, explica Deivid.

Tosa na tesoura

Neste formato não é utilizado máquina, apenas a tesoura ou a tesoura pode vir como um finalizador do corte. Esse é um processo mais demorado e minucioso como conta o profissional, por se tratar de uma ferramenta que existe muita atenção e precisão. A tosa na tesoura é uma ótima ferramenta para trabalhar com raças que não tenham um grande excesso de pelos e que precisem de apenas alguns retoques mais localizados. Ela deixa um acabamento lindo e detalhista.

Vale ainda considerar que outros cuidados devem ser tomados para manter o bem dos animais, como:

Hidratação: os animais também precisam de água para repor líquido perdido através da transpiração. Ofereça mais água a eles, se possível espalhe mais potes de água em lugares para que ele possa beber.

Passeios em pouco horário de sol: se o seu cão costuma passear diariamente prefira horários com pouco sol, assim você protege o pelo do pet e suas patinhas ao tocar o solo.

Banhos refrescantes: existem os cães que amam água! Se o seu for um deles, deixe que eles se refresquem na água, seja em bacia, piscina, onde puder.