Levantamento mostra que 64,6% dos consumidores já estão se informando sobre os valores cobrados nas lojas para comparar preços e comprar depois. Além disso, os interesses em compras em lojas físicas e lojas virtuais se igualam.

A expectativa é que os brasileiros sejam adeptos em massa à sexta-feira de promoções. De acordo com o levantamento do Reclame Aqui, que ouviu 3.519 pessoas de 16 a 30 de outubro, 70,7% dos entrevistados pretende comprar na Black Friday 2019. A intenção de compra se manteve igualmente expressiva em relação a 2018, quando 72,4% das pessoas disseram ter interesse em participar do evento.

É o que revelam dados do site Reclame Aqui divulgados com exclusividade para o TechTudo. Segundo a pesquisa, 64,6% dos consumidores estão apurando os valores cobrados atualmente nas lojas para comparar ofertas e comprar depois. Os números também mostram que o evento já virou tradição no Brasil: 83,7% da população já participou de edições anteriores da Black Friday, que neste ano ocorre em 29 de novembro.

Roupas, calçados (exceto tênis) e acessórios lideram o ranking de intenções de compra e são o alvo de 12,75% dos compradores na Black Friday. Em segundo e terceiro lugar, vêm os smartphones (9,7%) e eletrodomésticos (9,1%). A lista é seguida por televisores (7,9%) e eletrônicos como caixas de som, fones de ouvido e câmeras fotográficas (6,8%), números que demonstram a preferência dos brasileiros por produtos eletroeletrônicos.

Fonte: TechTudo