O mundo das tecnologias está sempre nos pregando peças, formas de chamar a atenção e polemizar assuntos, principalmente entre os jovens, e que na maioria das vezes, trata-se de brincadeiras perturbadoras e que podem se tornar problemas. Como sabemos, o mundo tecnológico é cheio de hackers sempre prontos para atacar, para brincadeiras de mal gosto ou para situações muito pior.

Desta vez surgiu a “Momo”. Uma espécie de contato que chega em sua lista de adicionados através de grupos. Pois é, essa figura, que, na verdade, é chamada Ubume, se transformou em “febre” entre adolescentes e jovens na internet. A assustadora imagem de uma mulher de cabelos pretos longos e olhos saltados para fora causa medo em qualquer um. Porém, a nova “moda” é ter coragem para conversar com ela pelo WhatsApp. O problema é que isso pode acabar com o roubo de informações pessoais localizadas no celular do usuário.

Diversos números diferentes se referem ao contato da “Momo”, agora, os jovens estão adicionando os números. O desafio, segundo os internautas, é manter uma comunicação com o “espírito” por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp. Uma vez contatada, “Momo” pode responder com ameaças violentas e até demonstrar que tem acesso às informações pessoais do usuário.

Justamente a inclusão de um contato desconhecido e a troca de mensagens no app podem representar um risco para o dono do telefone celular.

 “São técnicas que chamamos de engenharia social, em que se tenta enganar o usuário, neste caso, aproveitando a curiosidade de saber o que acontece se você adicionar esse número”, diz Camilo Gutiérrez, da empresa de segurança digital ESET, em entrevista para a Agência Sputni k. Ele completou, dizendo que essa ação acaba levando à entrega de dados pessoais, mesmo sem perceber.

Para evitar ser vítima desse tipo de armadilha, o especialista recomenda manter as contas nas redes sociais fechadas para o público em geral; ter apenas conhecidos na lista de contatos ou amigos; e compartilhar o mínimo possível de informações pessoais em conversas com estranhos.