O Flamengo proporcionou um 5 a 0 de deixar qualquer um atropelado. Com uma atuação impecável, o time se classificou para a final da Libertadores.

Maracanã lotado e uma torcida, definida por Jorge Jesus como únicos, diferentes e apaixonados. Esse foi palco para o show do Fla na noite de ontem (23), que contou também com o brilho do Gabigol e Bruno Henrique.

Nomes aplaudidos e que fizeram a diferença em campo, eles foram os responsáveis por marcarem 3 gols do jogo. Dois Gols de Gabigol, se tornando o artilheiro do campeonato e um de Bruno Henrique. O suficiente para consagrar um ataque e desestruturar uma defesa.

Os outros Gols ficaram por conta de Pablo Marí e Rodrigo Caio que colocaram o Fla na lista de vitórias históricas e inesquecíveis. O que determinou ainda mais o atropelamento do time foram a marca de 4 gols em 25 minutos.

Para o grêmio, a noite terminou carregada de críticas e uma torcida inconformada com a goleada. Como pivô do ocorrido, Paulo Victor, goleiro do Grêmio levou a culpa, isso porque em sua primeira defesa, soltou a bola do gol. Quem também teve o nome apagado na partida ontem, foi Cebolinha. Decisivo fora de casa em outros jogos da Libertadores, assistiu seus parceiros de seleção brasileira brilharem.

Final da Copa Libertadores

Agora a decisão fica entre o Flamengo e o River Plate que disputarão o título em Santiago, no Chile, no dia 23 de novembro. Os dois times estarão preparados para a final e terão um tempo até lá para a preparação, ambos também disputarão campeonatos paralelos a Libertadores.  

Fonte: Globo Esporte e UOL